Comissão de Comunicação: Site Oficial da Igreja Sirian Ortodoxa no Brasil completa 6 meses com mais de 10 mil acessos

Hoje o site oficial da Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia no Brasil completa 6 meses de pleno funcionamento. Lançado no dia 6 de janeiro de 2013, é fruto do trabalho da Comissão de Comunicação da Igreja no Brasil, coordenada pelo abuna Haelio Geovane e o afediácono Pablo Neves, em cooperação com a Secretaria Executiva da Igreja, a Nunciatura Apostólica, Relações Públicas e todas as comunidade do Brasil. Abaixo, uma entrevista com o responsável técnico da Comissão, o afediácono Pablo;

1 – Por que o senhor foi escolhido para esta comissão?

Diácono Pablo: creio que, primeiramente, porque Deus nos permite em sua imensa misericórdia servir a Igreja, de diversas maneiras, mesmo não sendo dignos. Segundo, devido à minha primeira formação, em design, e por minha experiência na área de comunicação por 8 anos, antes de ingressar na carreira acadêmica, onde continuo aliando minhas pesquisas nas áreas de design, tecnologia, arte sacra e teologia. Pude tomar esta bagagem e utiliza-la no serviço à Igreja, também como uma forma de diaconia.

2 – Qual o papel da comunicação para a Igreja no Brasil?

Diácono Pablo: a Igreja no Brasil possui diversas comunidades, porém, na maioria dos estados, tais comunidades estão, digamos, sozinhas, pois muitas vezes há somente uma Igreja em cada estado e, ainda, em áreas de periferia, onde o acesso à informação ainda é precário. Além disso, notícias sobre a Igreja no Brasil e no mundo não são apresentadas em meios de comunicação em massa como TV e rádio, por razões óbvias, pois somos uma minoria no Brasil. Assim, utilizar a internet, que nos últimos anos tem passado por grande expansão no que tange ao acesso, especialmente através dos celulares, é uma forma de promover um intercâmbio de formação e informação.

3 – No que tange à formação, já houve melhoras?

Diácono Pablo: Acredito que sim. Nossas comunidades são missionárias, muitos de nossos fiéis são convertidos de outras confissões cristãs, trazendo com eles um legado de identidade destas outras confissões que ainda marca muito sua vivencia de fé. Não que isso seja um problema ou um erro, eu mesmo nasci numa família católica romana e boa parte da minha experiência religiosa foi vivida na Igreja de Roma e dela muito tenho a agradecer, pois foi a partir dela que pude contemplar o oriente e caminhar em sua direção. Porém, a Igreja Ortodoxa Siríaca possui um patrimônio riquíssimo, que deve ser absolvido por nossos fiéis para que estes possam plenamente experimentar aquilo que foi tão arduamente preservado pelas Igrejas Orientais. Nosso trabalho vem como uma forma de ajudar a Igreja nesta missão, bem como aos sacerdotes que se dedicam à produção intelectual em língua portuguesa, que nos últimos 5 anos teve um grande avanço, através do trabalho de padres como o monsenhor Antônio Nakkoud, o monsenhor Paulo Milton Justus e o abuna Celso Kallarrari.

4 – Os bispos têm participação neste trabalho?

Diácono Pablo – A participação dos bispos é imprescindível. Como diácono, respondo a eles tanto no serviço ao altar quanto no trabalho junto à comissão. Nosso contato é frequente e frutuoso, em determinados períodos quase diário, seja por telefone ou e-mail. Tanto Mor José Faustino quanto Mor Titos Paulo Tuza são os grandes comunicadores da Igreja. Creio que 50% de tudo que publicamos vêm deles e os outros 50% passam por sua avaliação e aprovação.

5 – E o retorno dos fiéis em acessos?

Diácono Pablo – Nesses 6 meses de site tivemos mais de 10 mil acessos. Estes números são coletados pelo próprio sistema do site, que nos permite acompanhar tudo. Além disso, outro importante termômetro de nosso trabalho é o feedback que recebemos através de nossos contatos, são dezenas de e-mails por semana, tanto de fiéis como de curiosos querendo saber mais sobre a Igreja, além dos pedidos de oração recebidos pelo abuna Haelio Geovane, que pessoalmente atende a estes pedidos em suas orações diárias.

6 – Quais os planos da Comissão de Comunicação para 2015?

Diácono Pablo – estamos fechando o conteúdo para nosso site de formação, um aliado do atual site, porém focado academicamente em teologia segundo a tradição siríaca, o qual pretendemos lançar até abril deste ano. Além disso, fechamos em dezembro um conjunto de diretrizes de comunicação que serão entregues aos sacerdotes e diáconos após a avaliação e aprovação dos bispos. Também estamos produzindo uma serie de documentários em vídeo, com áudio e legendas em língua portuguesa sobre a Igreja Sirian Ortodoxa no Brasil e no mundo. É um trabalho difícil, devido a distância e as outras atividades paralelas que desenvolvemos, mas peço a Deus que nos permita trabalhar mais e mais.

***

Pablo Neves é graduado em Design pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Especialista em História da Arte Sacra pela Faculdade do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro e Mestrando em Design pela UFMA, além de estudante de Teologia Oriental. É editor do blog “ecclesia design” sobre design, arte e arquitetura sacra, além de ministrar cursos e palestras na área de liturgia e arte sacra. Desde 2012 serve como afediácono da Capela Sirian Ortodoxa Santo Efrém em São Luis do Maranhão, coordena a Comissão de Comunicação da Igreja n Brasil desde julho de 2014 e representa o país na Equipe de mídia social do Patriarcado Ortodoxo Siríaco.

Anúncios